Jornada Pedagógica Indígena reúne mais de 200 profissionais 

117

Mais de 200 profissionais da Educação das 19 escolas indígenas do município participaram da Jornada Pedagógica da Educação Escolar Indígena de Porto Seguro, realizada de 14 a 16/02, na Escola Indígena Barra Velha. O evento foi prestigiado por 90% do corpo docente, administrativo, caciques e lideranças das aldeias e convidados.  Entre os palestrantes, estavam a Profª. Mestre Rosilene Tuxá, coordenadora da Licenciatura Intercultural Indígena da Universidade Federal do Amapá e o Professor Dr. Gersem Baniwa, representante do MEC como Conselheiro do Conselho Nacional de Educação (CNE).
Especialistas em Educação Escolar Indígena falaram sobre a importância da formação do profissional da educação através do currículo, que deve ser elaborado pela escola e ter a identidade do povo pataxó, favorecendo a busca por caminhos para garantir os direitos indígenas. Baniwa evidenciou que “o currículo define o futuro das crianças”. Foi discutida ainda a Reforma do Ensino Médio e qual formação os indígenas querem.  O supervisor técnico da Secretaria Municipal de Educação de Porto Seguro, Professor Dr. Geovani Silva versou sobre os desafios da Educação Escolar Indígena de Po rto Seguro e apresentou algumas propostas para superá-los.
Através das mesas de diálogo e rodas de conversa, os profissionais da educação expuseram suas dúvidas, tendo em vista a solução de problemas que perpassam a Educação Escolar Indígena. Durante o evento, foram realizadas oficinas de Patxohã, além de oficinas com especialistas, sobre temas como “Intervenção pedagógica para alunos com déficit de aprendizagem”, “Apropriação de conhecimento no processo de alfabetização”, “O ensino da Língua Portuguesa nas séries iniciais”, “O ensino de Matemática nas séries finais”, “Jogos como recurso para solu& ccedil;ão de problemas” e “Didática e Planejamento”.
“Momentos de reflexão como esse e a formação continuada dos professores são fundamentais para a melhoria da qualidade do ensino nas escolas e aldeias indígenas”, disse a secretária de Educação, Janis Souza. “Nossa administração está sempre buscando melhorias para os indígenas, pela importância do povo pataxó para a nossa cultura e a nossa história”, disse a prefeita Cláudia Oliveira, que ofereceu todo o apoio necessário para a realização da Jornada.
O evento foi realizado pela equipe da Diretoria de Educação Escolar, Prof. Rosimar Valerio; Coordenação Técnica de Educação Escolar Indígena, Profª. Qelia Carvalho, e o Técnico administrativo Juthair Ferreira, através da Supervisão Técnica do Prof. Dr. Geovani Silva.

Ascom – Prefeitura de Porto Seguro

Related posts:

Seminário da Educação Especial reúne as famílias no Colégio Municipal
Secretaria Itinerante vai até escolas de Porto Seguro
Escola Indígena ganha mais espaço e novo mobiliário
Ceame comemora 10 anos de apoio a pessoas com deficiência
Começa em Porto Seguro a Semana de Incentivo à Leitura
Transporte escolar de Porto Seguro passa por vistoria
Ceame comemora Dia Internacional da Pessoa com Deficiência
Marinha homenageia alunos da Escola Chico Mendes
Finais dos Jogos Estudantis movimentam quadras de Porto Seguro
Pequenos agricultores fornecem alimentos para a merenda escolar
Porto Seguro é referência em educação inclusiva
Jornada Pedagógica marca início do ano letivo em Porto Seguro
Desfile de 07 de Setembro traz reflexão sobre avanços tecnológicos
Transporte Escolar é reformulado para atender demandas de Porto Seguro
Escolas de Porto Seguro recebem novo mobiliário
Semana da Leitura movimenta Escola Chico Mendes
Alunos e escolas municipais são premiados pelo projeto Lescrever
Comunidade aposta no sucesso da nova Escola Municipal do Cambolo
Mais de 8 mil atletas participam dos Jogos Estudantis de Porto Seguro
Escola Paulo Souto reconta a história em literatura de cordel
Novembro Negro traz riqueza cultural afro-brasileira e africana para os alunos
Torneio Internacional de Futsal reúne escolas da Austrália e Porto Seguro
Fórum Municipal traça novas metas para a Educação
Campanha estimula jovens e adultos a voltarem para a escola
Abertas as matrículas para o Ensino de Jovens e Adultos