Mapeamento da gastronomia de Arraial d’Ajuda reafirma potencial

14

No dia 21, no Arraial d’Ajuda Eco Resort, a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura de Porto Seguro, Sebrae e Câmara de Turismo de Arraial d’Ajuda apresentaram o resultado do “Mapeamento da Gastronomia do Arraial d’ Ajuda”, que pesquisou 143 empreendimentos, entre eles: restaurantes, barracas de praia, bares, cafés e outros.

O secretário municipal de Turismo, Paulo Cesar Magalhães, pontuou a história da gastronomia de Arraial e os esforços da gestão há vários anos em trabalhar estrategicamente a fim de fortalecer o setor no sentido de ser um grande destino turístico/gastronômico. “Somos desafiados a lutar para manter a 3ª posição como destino mais desejado do País e, para galgarmos o primeiro lugar devemos trabalhar em conjunto, aprimorando o que já é bom e inovando”, diz o secretário Paulo Cesar, frisando a implantação da Câmara de Turismo de Arraial d’Ajuda, parceria do Sebrae, fortalecimento da marca turística e o empenho dos empresários do segmento gastronômico, tornando assim o destino muito mais atraente em curto, médio e longo prazo.

União da classe e engajamento

O universo gastronômico de Arraial está se alinhando para alcançar importantes metas no avanço do setor. “A partir das Oficinas de Planejamento do Setor Gastronômico, os empreendedores se dispuseram à discussão de um plano de ação para melhorias no segmento”, diz o representante do Conselho Municipal de Turismo, Heitor Siqueira, explicando o início da mobilização para o mapeamento. O empresário Eduardo Oberlaender, da Barraca Maré, concorda com as reflexões. “Nossa união é imprescindível para fortalecer Arraial d’Ajuda como um destino gastronômico”, destaca. Quem compartilha deste pensamento é o representante da Câmara Turística e empresário, João Eduardo de Drumond, do Restaurante Toro. “Estamos dispostos a, cada vez mais, trabalharmos nossa identidade e qualificação dos negócios gastronômicos do distrito”, confirmou.

Estavam presentes 60 empresários do setor, o gerente adjunto do Sebrae, Enivaldo Piloto; gerente do Senac Porto Seguro, Nanci Costa; representando a Câmara de Turismo de Arraial d’Ajuda, Heitor Siqueira e o consultor, Márcio Maia, que conduziu a apresentação do estudo.

Potencial e desafio

Neste mapeamento, o potencial de Arraial d’ajuda como um destino gastronômico foi reafirmado numa constatação levantada pelos números e informações apresentadas no  estudo.

Neste posicionamento em que a gastronomia de Arraial se encontra, pontos como inovação, responsabilidade social, gestão de resíduos, uso de produtos orgânicos/locais, marketing, qualificação, informatização da gestão, acessibilidade e o fortalecimento do associativismo serão os próximos passos do “Projeto Gastronomia d’ Ajuda”.

Secretaria Municipal de Cultura e Turismo

Ascom – Prefeitura de Porto Seguro