Vigilância Sanitária apura denúncia de venda indevida de água da chuva

322

Em decorrência das várias denúncias protocoladas na Vigilância Sanitária nessa última semana com relação ao envase de água da chuva em galões de 20ml, para supostamente serem comercializados em estabelecimentos no bairro Mirante, a Secretaria de Saúde, por meio da VISA, realizou verificação no local onde não ficou evidenciada a prática. No estabelecimento, os inspetores identificaram a existência de caixa d’água vazia e galões devidamente lacrados e dentro da validade, com apresentação da nota fiscal da distribuidora.

A diretora da vigilância sanitária, Luciane Minetto, explica que “como trata-se de um comércio de materiais de construção, a venda de água mineral foi imediatamente suspensa e o estabelecimento será submetido a fiscalizações frequentes”, afirma.

O secretario de saúde, Kerrys Ruas, tranquiliza a população e informa que todas as denúncias são devidamente apuradas e tomadas todas as providências cabíveis, para suspender qualquer serviço, venda de produtos, entre outros que estejam fora das normas sanitárias.

Secretaria de Saúde

Ascom-Prefeitura de Porto Seguro